Atendimento rápido e qualificado

Placa Mercosul é na Mauatrans

Em acordo às leis de trânsito

Credenciada do DETRAN

Experiente no Mercado

em breve em todos os carros

Quem precisa da placa com o padrão mercosul:

1º Emplacamento

Carros novos já serão emplacados no novo padrão Mercosul

Transferência

Ao adquirir veículos de placa antiga a mudança para o novo padrão precisará ser feita

Em desacordo com ctb

Placas que não estejam de acordo com Código de trânsito Brasileiro (CTB)

Danificadas/ Furtadas

Quem precisar de novas placas

Mudança de categoria

Veículos que trocarem sua categoria

Troca Voluntária

Se você deseja adquirir a placa do novo padrão por conta própria

Mais informações

Tudo sobre a placa padrão mercosul

Peça Sua placa

Digite seu nome
Digite seu e-mail
Digite somente os números de seu celular

informações do detran

Conforme a legislação federal de trânsito, o novo modelo de Placas de Identificação Veicular – PIV, que segue o padrão estabelecido pelo Mercosul, será exigido a partir de 31 de janeiro de 2020 nos seguintes casos:

  • Registro de veículo 0 km.
  • Mudança de categoria do veículo.
  • Em caso de furto, extravio, roubo ou dano na placa (inclusive dano à tarjeta e rompimento do lacre da placa traseira padrão cinza).
  • Mudança de município ou de Estado.
  • Quando o veículo for reprovado em vistoria veicular nos procedimentos de transferência com observações sobre a placa e/ou lacre (exemplo: placa não refletiva)
  • Necessidade de instalação de placa adicional traseira.

A troca da placa cinza para o padrão Mercosul será permitida de maneira voluntária para veículos que não se enquadrem nas situações acima descritas, também a partir de 31 de janeiro de 2020, porém, o interessado deverá ficar atento para a obrigatoriedade de realização de vistoria veicular e para a emissão de novo documento do veículo (CRV) com os respectivos custos de cada procedimento. Caso não deseje a troca, o proprietário poderá continuar circulando com seu veículo até o sucateamento sem necessidade de substituição para o padrão Mercosul.

A PIV deve ser revestida, em seu anverso, de película retrorrefletiva, na cor branca com uma faixa na cor azul na margem superior, contendo ao lado esquerdo o logotipo do MERCOSUL, ao lado direito a bandeira do Brasil e ao centro o nome BRASIL. O padrão de estampagem é composto de 07 caracteres alfanuméricos, em alto relevo, na sequência LLLNLNN, com igual espaçamento e combinação aleatória, distribuída e controlada pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). O caracter “L” refere-se à letra, e o caracter “N” refere-se ao numeral. Além disso, o novo modelo de PIV não possuirá lacre. O QR Code (código de barras em formato quadrado) irá substituí-lo.
L = Letra N = Número
 

A cor dos caracteres alfanuméricos da PIV será determinada de acordo com o uso dos veículos:


 
Preta – particular
 
Vermelha – comercial
(aluguel e aprendizagem)
   
 
Azul – oficial e representação
 
Dourada – diplomático / consular
   
 
Cinza prata – colecionador
 
Verde – especial
(experiência / fabricantes de veículos, peças e implementos)
 

No caso de substituição da PIV do antigo modelo (padrão LLLNNNN), pela PIV do novo modelo (padrão LLLNLNN), será adotada a seguinte tabela equiparativa, para substituição do antepenúltimo caracter, de número para letra, a fim de que haja uma relação direta entre a antiga e a nova placa:

 
Placa antiga
Nova placa
0
A
1
B
2
C
3
D
4
E
5
F
6
G
7
H
8
I
9
J
 

Exemplo: A placa anterior ABC1234 será substituída pela nova placa com o padrão alfanumérico ABC1C34.

 

A faixa de letras de “A” a “J” será utilizada apenas para a conversão do modelo antigo para o novo de PIV, de forma a permitir a convivência entre ambos os modelos e possibilitar a consulta por ambos os critérios de placas.

 

fonte: DETRAN SP